Como montar uma distribuidora de medicamentos

Como montar uma distribuidora de medicamentos

Como montar uma distribuidora de medicamentos

O mercado de medicamentos é um dos mais lucrativos. De acordo com a Interfarma (Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa), o faturamento do segmento chegou a mais de 85 bilhões de reais em 2016, tendo crescido 13,1% neste ano.

Essa é uma boa notícia para você que está pensando em montar uma distribuidora de medicamentos. Além disso, o Brasil possui uma expressiva quantidade de farmácias. O que garante boas oportunidades para quem distribui medicamentos.

Mas qual exatamente é o papel de uma distribuidora?

O proprietário de uma distribuidora por atacado compra bens para vender com uma margem de lucro, assim como um varejista final. A única diferença é que em vez de entregar ao consumidor final você estará trabalhando numa relação negócio-negócio, vendendo para empresas varejo ou outras distribuidoras.

São as distribuidoras de medicamentos que comprar os remédios dos grandes fornecedores – laboratórios como Pfizer, Medley, etc – e os vendem para a farmácia na qual você compra os remédios dos quais precisa, ou seja, elas fazem a ponte entre os que produzem os medicamentos e aqueles que entregam esse produto ao consumidor final (farmácias, hospitais, consultórios, etc).

Se você está planejando abrir um negócio de distribuição de medicamentos, existem alguns fatores que você precisa considerar. Confira nossas dicas:

1. Saiba se esse negócio é para você:

Antes de mais nada, você precisa saber se tem o que precisa para esse negócio. O campo da distribuição por atacado é um verdadeiro jogo de compra e venda – um que requer boas habilidades de negociação e habilidades para identificar oportunidades. A ideia é comprar o produto a um preço baixo e, em seguida, lucrar através da venda colocando um preço que ainda torne o produto atraente para o seu cliente.

2. Crie um plano de negócios – Como montar uma distribuidora de medicamentos

O primeiro passo de todo empreendimento é a criação de um plano de negócio. Faça um esboço do seu negócio, os recursos dos quais você dispõe, sua estratégia de marketing, a estrutura jurídica do seu negócio, etc.

3. Escolha o local – Como montar uma distribuidora de medicamentos

Depois de montar o seu plano de negócio, uma importante decisão é a determinação do seu ponto de negócio. Na hora de escolher o local você precisa considerar o seu público-alvo e optar por um ponto acessível para facilitar as entregas.

Estima-se que seja necessária uma área de 200 m2 para abertura de uma distribuidora, é ainda importante que você pense na possibilidade de ampliação, caso necessário.

O local também deve obedecer como Boas Práticas de Distribuição de Produtos Farmacêuticos, pela Portaria 802 de 08/10/88, republicada em 04/02/99.

4. Abra a sua empresa – Como montar uma distribuidora de medicamentos

Com o plano de negócios prontos e a localização escolhida, é hora de registrar a sua empresa. Para isso, o mais indicado é contratar os serviços de um contador. Esse profissional vai te ajudar a organizar toda a documentação necessária para adequar sua empresa.

  • O ponto de partida é o registro da empresa nos seguintes órgãos:

  • Junta comercial,

  • Secretaria da Receita Federal,

  • Secretaria de Fazenda.

Depois disso, sua empresa precisará de outras licenças e cadastros para poder operar:·

  • Alvará de funcionamento na Prefeitura do Município, Enquadramento na Entidade Sindical Patronal

  • Cadastramento junto à Caixa Econômica Federal no sistema “Conectividade Social – INSS/FGTS”;

  • Corpo de Bombeiros Militar.

  • Visita à prefeitura da cidade onde pretende montar a sua empresa (quando for o caso) para fazer a consulta de local.

  • Obtenção do alvará de licença sanitária – adequar às instalações de acordo com o Código Sanitário.

  • Em âmbito federal a fiscalização cabe a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, estadual e municipal fica a cargo das Secretarias Estadual e Municipal de Saúde (quando for o caso).

É ainda preciso preparar e enviar o requerimento ao Chefe do DFA/SIV do seu Estado, solicitando a vistoria das instalações e equipamentos;

Veja também:
Como montar uma loja virtual de roupas
Como montar uma fabrica de bolsas de couro
Como montar uma fabrica de cachaça artesanal

5. Pense na estrutura – Como montar uma distribuidora de medicamentos

A estrutura mínima necessária envolve uma recepção, escritórios, área para armazenagem de medicamentos (com câmaras frias, considerando que alguns medicamentos precisam ser conservados em condições específicas) e sanitários.

De acordo com a Anvisa (Agência de Vigilância Sanitária) as distribuidoras precisam ter áreas de recepção que protejam os produtos de qualquer risco no momento de entrega, dessa forma, a área de recebimento deve ser separada do local no qual os medicamentos serão armazenados.

6. Contrate mão de obra – Como montar uma distribuidora de medicamentos

Além da pessoa responsável pela administração da empresa, posição normalmente ocupada pelo próprio empreendedor, é necessário que haja alguém encarregado das compras, uma equipe de vendas (representantes), telemarketing e equipe de distribuição.

Como montar uma distribuidora de medicamentos? pesquise bastante. Como já dissemos, é muito importante que você conheça o mercado e tenha habilidades com vendas, e se possível faça um plano de negócios.

Gostou do artigo? deixe seu comentário abaixo, caso tenha alguma pergunta pode fazer nos comentários, e não se esqueça de se inscrever em nossa lista vip de e-mail para receber antes de qualquer um nossas matérias.

Pesquise aqui, no BUSCADOR DE ARTIGOS


2 thoughts on “Como montar uma distribuidora de medicamentos

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *